ANOTAÇÕES DA BÍBLIA

I Samuel capítulo 6:1 a 18

I Samuel capítulo 6:1 a 18

Eis a mensagem que foi ministrada pelo pastor Jair Cardozo, e eu a reescrevi.

I Samuel capítulo 6:1 a 18.

Os filisteus enviam a arca para fora da sua terra

 Havendo, pois, estado a arca do SENHOR na terra dos filisteus sete meses, os filisteus chamaram os sacerdotes e os adivinhadores, dizendo: Que faremos nós da arca do SENHOR? Fazei-nos saber como a tornaremos a enviar ao seu lugar. Os quais disseram: Se enviardes a arca do Deus de Israel, não a envie vazia, porém sem falta lhe enviareis uma oferta para a expiação da culpa; então, sereis curados, e se vos fará saber por que a sua mão se não tira de vós.

Então, disseram: Qual é a expiação da culpa que lhe havemos de oferecer? E disseram: Segundo o número dos príncipes dos filisteus, cinco hemorróidas (tumores) de ouro e cinco ratos de ouro, porquanto a praga dê uma mesma sobre todos vós e sobre todos os vossos príncipes. Fazei, pois, umas imagens das vossas hemorróidas (tumores) e as imagens dos vossos ratos, que andam destruindo a terra, e dai glória ao Deus de Israel; porventura, aliviará a sua mão de cima de vós, e de cima do vosso deus, e de cima da vossa terra. Por que, pois, endureceríeis o coração, como os egípcios e Faraó endureceram o coração? Porventura, depois de os haverem tratado tão mal, não os deixaram ir, e eles não se foram?Agora, pois, tomai, e fazei-vos um carro novo, e tomai duas vacas que criem sobre as quais não tenha subido o jugo, e atai as vacas ao carro, e levai os seus bezerros de após elas para casa. Então, tomai a arca do SENHOR, e ponde-a sobre o carro, e metei num cofre, ao seu lado, as figuras de ouro que lhe haveis de oferecer em expiação da culpa; e assim a enviareis, para que se vá.

Vede então: se subir pelo caminho do seu termo a Bete-Semes, foi ele que nos fez este grande mal; e, se não, saberemos que não nos tocou a sua mão, e que isso nos sucedeu por acaso. E assim fizeram aqueles homens, e tomaram duas vacas que criavam, e as ataram ao carro, e os seus bezerros encerraram em casa. E pôs a arca do SENHOR sobre o carro, como também o cofre com os ratos de ouro e com as imagens das suas hemorróidas.

 Então, as vacas se encaminharam direitamente pelo caminho de Bete-Semes e seguiam um mesmo caminho, andando e berrando, sem se desviarem nem para a direita nem para a esquerda; e os príncipes dos filisteus foram atrás delas, até ao termo de Bete-Semes.

 A arca chega a Bete-Semes. E andavam os de Bete-Semes fazendo a sega do trigo no vale e, levantando os olhos, viram a arca; e, vendo-a, se alegraram. E o carro veio ao campo de Josué, o bete-semita, e parou ali; e ali estava uma grande pedra; e fenderam a madeira do carro e ofereceram as vacas ao SENHOR, em holocausto. E os levitas desceram a arca do SENHOR, como também o cofre que estava junto a ela, em que estavam as obras de ouro, e puseram-nos sobre aquela grande pedra; e os homens de Bete-Semes ofereceram holocaustos e sacrificaram sacrifícios ao SENHOR no mesmo dia.E, vendo aquilo os cinco príncipes dos filisteus, voltaram para Ecrom no mesmo dia

Estas, pois, são as hemorróidas (tumores) de ouro que enviaram os filisteus ao SENHOR, em expiação da culpa: por Asdode uma, por Gaza outra, por Asquelom outra, por Gate outra, por Ecrom outra; como também os ratos de ouro, segundo o número de todas as cidades dos filisteus, pertencentes aos cinco príncipes, desde as cidades fortes até às aldeias e até Abel, a grande pedra sobre a qual puseram a arca do SENHOR.

Nos dias de Samuel, (Sm. 4) houve uma batalha contra os filisteus e Israel é derrotado. Israel foi derrotado porque o sacerdócio desvirtuou-se e o povo passou a viver em desobediência aos mandamentos de Deus. Os israelitas levaram a arca do concerto para a batalha, julgando que isso lhes garantiria a vitória Ao invés disso, deveriam ter se arrependido e tirado os seus caminhos pecaminosos, para terem a bênção de Deus.

A arca da aliança do Senhor é capturada e levada pelos inimigos. A arca representava a presença de Deus em Israel (Êx 25.10-22; Nm 10.33-36). Os israelitas achavam que a arca lhes seria uma garantia incondicional do favor e poder de Deus. Não compreendiam que um símbolo das coisas espirituais não é uma garantia absoluta da realidade que ele representa. Deus permanecia com o seu povo somente enquanto esse povo procurasse manter comunhão com Ele, segundo o concerto (Velho Testamento).

 Semelhantemente, sob o novo concerto (Novo Testamento), alguém ser batizado em água, ou participar da Ceia do Senhor nenhum benefício espiritual lhe trará a não ser que viva em sincera obediência ao Senhor, trilhando seus justos caminhos. 

Ao pegarem a arca de Deus, também o Senhor se afasta de Israel. A sua glória, a manifestação do seu poder e da Sua presença não se faz mais sentir no meio do seu povo.

 (O pecado traz sérias conseqüências em nossas vidas; I Sm. 4:19 a 22).

Os filisteus de posse da arca da aliança a colocaram na casa de Dagom, seu deus. No dia seguinte, ao entrarem na sala, viram a estátua de Dagom caída com rosto em terra diante da arca. Levantaram a estátua e a colocaram no seu lugar. No dia seguinte encontraram novamente a estátua caída diante da arca e a sua cabeça e os seus dois braços cortados junto ao tronco. (Ao cortar a cabeça da estátua do deus dos filisteus, Deus estava mostrando que com o seu poder Ele poderia neutralizar desfazer, destruir, todos os pensamentos e intenções do diabo contra o seu povo e que ao cortar os seus braços, Deus estava falando que toda a ação do diabo e o que ele deseja fazer contra a sua igreja é jogada por terra, é cortada, é derrubada!)

Uma grande maldição sobreveio aos filisteus e o Senhor castigou-os duramente com doenças, tumores e muitas mortes.

Sete meses de posse da arca do Senhor e duramente castigados por Deus, os filisteus decidem devolver a arca a Israel; E como fazer?

Segundo o texto que lemos, fizeram um carro novo, tomaram duas vacas com crias e que não experimentaram jugo e colocaram a arca do Senhor no carro e sem que ninguém as guiasse. Deus fez com que as vacas levassem a arca de volta a Israel. Bete-Semes era uma cidade do outro lado da fronteira, no território de Judá.

 

ALGUMAS LIÇÕES:

Como o povo de Israel, por causa das circunstâncias da nossa vida, por causa do pecado, às vezes perdemos também a alegria e a glória do Senhor se afasta de nós. Assim passamos a viver uma vida cristã sem brilho, sem sentido e não vemos mais a atuação, o poder de Deus em nossa vida, em nossa casa, em nossa igreja. Não oramos, não lemos a Palavra de Deus, como deveríamos. As nossas vindas à casa de Deus, vão se tornando um fardo pesado para nós e nos habituamos a vir pelo menos uma vez por semana. Perdemos a visão da obra de Deus e de suas necessidades e muitas vezes deixamos de honrar o Senhor com nossos dízimos e as nossas ofertas...

A arca do Senhor está longe, como está longe o nosso coração. O que fazer? Pedir, clamar urgentemente, por uma poderosa visitação da parte de Deus, por um avivamento espiritual, por uma renovação de vida, por uma transformação que venha dos céus e traga sentido em nossa vida e que nos faça cada vez mais aliados de Deus e cooperadores dos seus sonhos, dos seus projetos. Que possamos enxergar com os olhos de Deus, e possamos ter a mesma mente de Deus.

Na sua palavra Deus usa animais para nos trazer lições: Estas duas vacas no texto têm importantes lições para a nossa vida. Foram separadas, como nós, para uma grande obra: FAZER VOLTAR A GLÓRIA DE DEUS para Israel. Da mesma maneira, cada um de nós é responsável, temos uma missão, o dever de ser uma bênção para as pessoas que estão ao nosso lado.

 

1) Deixaram crias para traz e andavam berrando. Tinham dependência, (doíam, saudades dos filhos, tetas cheias). Sofrendo e gemendo, sem se desviar para a esquerda ou para a direita. Esta ação fala de fidelidade para o Senhor - Santificação. Mesmo que soframos e gememos, precisamos deixar para traz tudo aquilo que nos liga ao mundo, que nos atrai e que chama a nossa atenção e seguir caminhando, sempre para frente, haja o que houver, custe o que custar.

 

2) Animais que não tinham experimentado o jugo, agora um jugo lhes é dado, atrelhando-as à carroça. Isto nos fala de compromisso, dedicação na obra de Deus. Estamos atrelados a Cristo e debaixo do seu jugo. Quem tem Cristo no seu coração, está debaixo do seu jugo. “Tomai sobre vós o seu jugo.” Isto requer obediência e submissão a sua vontade. Jugo fala de compromisso, Muitos querem servir a Deus, estar na igreja, mas não querem compromisso responsabilidade. Deus tem compromisso para quem tem compromisso com Ele.

 

3) Animais atados um ao outro. Isto nos fala de comunhão. Andar juntos. Não Há maior do que outro ou com mais força, não! Somos todos iguais: com fraquezas, defeitos, mas também com qualidades e dons.

 

4) Ao cumprirem os seus propósitos, as vacas foram oferecidas ao Senhor em sacrifícios. Isto nos fala de VIDA NO ALTAR - Testemunho que agrada ao senhor. É a nossa vida consagrada, santa, no altar de Deus. (Rm. 12:1 diz: Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional) morremos para o mundoe vivemos paraDeus. Aí sim, podemos ver e ter a sua glória no meio e a nossa vida vai mudar.

Os filisteus reconheciam a existência do Deus de Israel, mas apenas cujo favor buscavam. “Muitas” pessoas adoram Deus dessa forma. Eles vêem o Senhor apenas como um ingrediente para uma vida bem sucedida. Mas Deus é muito mais do que um ser. Ele é a fonte de toda existência. ALELUIA!

Para que estivesse a salvo, a arca foi levada a Quirite-Jearim, uma cidade situada nas proximidades do campo de batalha. Sempre que os israelitas estavam com a arca de Deus eles venciam o inimigo