ANOTAÇÕES DA BÍBLIA

II Pedro

II Pedro

 

“O BOM LÍDER NÃO CONDUZ O POVO AVENTURANDO CAMINHOS ELE SABE ONDE ESTÁ O MELHOR CAMINHO”

    A 1a. Epístola de Pedro

Trata do perigo fora da igreja

 Para animar.

 

    A 2a. Epístola de Pedro

Trata do perigo dentro da igreja.

Para advertir.

 

 

A 2a. Epístola foi escrita: PARA FORTALECER A FÉ.

 

Pedro quer com sua carta

 

1) LEMBRAR o que o Senhor falou através dos profetas (1:19).

Eis uma operação de soma nas Escrituras:

Acrescente á sua FÉ a VIRTUDE.

Á VIRTUDE o CONHECIMENTO.

Ao CONHECIMENTO o DOMÍNIO PRÓPRIO.

Ao DOMÍNIO PRÓPRIO a PERSEVERANÇA.

A PERSEVERANÇA a PIEDADE.

A PIEDADE a FRATERNIDADE.

E a FRATERNIDADE o AMOR.

O fim da é o AMOR

Como resposta temos 2Pedro 1:8.

 

2) ADVERTIR contra qualquer coisa que pudesse fazer os  crentes decair de sua firmeza (3:17).

 

3) EXORTAR A QUE TIVESSEM PREPARADOS PARA VINDA DO Senhor, pois Jesus virá ainda que pareça demorar. O conteúdo se resume em 2 Pedro 1:19.                                          

Capítulo 1

 A palavra profética está firme. Pedro menciona três testemunhos disso:

     a) Do poder da palavra na vida dos crentes (1:2-12)

     b) Do cumprimento da palavra através de Cristo (1:13-18)

     c) Da  inspiração da palavra  pelo Espírito Santo (1:19-20).

 

Capítulo 2

Fazei bem em atentar para a Palavra de Deus.

a)      Para aquele que rejeita não há salvação.

b)      Quem atenta para Palavra será salvo.

c)      Compara a situação no dilúvio. Em Sodoma. A situação com Noé. E com Ló.

 

Capítulo 3

Como a luz que ilumina.

a)      Lança luz sobre o futuro (3:1-3).

b)      Jesus nos chama para andarmos na luz (13-18)

A vinda de Jesus é certa e vale a pena aguardá-la (14).

----Somente na luz da Palavra podemos andar no caminho da verdade (2:2).

----No caminho da justiça (2:21).

 

Crescei na graça e no conhecimento do Nosso Senhor e

Salvador Jesus Cristo.

 

O bom líder tem que ter a sua experiência pessoal e forte

Com Deus, ele não pode depender das experiências dos

Outros.

por Nilza Cardoso


Leia>>>> A providência Divina e o sofrimento humano